TIE-Brasil
18/12/2017
Cadastre-se | Esqueci a senha!
Nome: Senha:

Notícias(Abril/2005)

(clique para ver todas)

CUT ganha eleições em BH e Contagem
Na madrugada deste sábado foi divulgado o resultado das eleições para a renovação da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Belo Horizonte e Contagem realizadas no período de 26 a 29 de abril de 2005:

A chapa da CUT obteve 2080 votos ou 57% dos votos válidos. A chapa do PSTU teve 1582 votos ou 43% do total.
Enviada por Geraldo Werneck, às 23:41 30/04/2005, de Juiz de Fora


Empresários e pelegos contra a Reforma Sindical
Empresários que se uniram contra a Medida Provisória 232, agora estão montando uma frente nacional contra a proposta de Reforma Sindical enviada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional.

Os empresários são contra o direito de Organização dos Trabalhadores no Local de Trabalho e temem a possibilidade de substituição processual.

A substituição processual é importante naquelas empresas e regiões do país onde as relações trabalhistas ainda são vistas como caso de polícia e onde há forte perseguição a toda e qualquer forma ou tentativa de organização dos trabalhadores em defesa dos seus interesses e direitos. Por isso muitos trabalhadores, temendo por sua segurança pessoal e seu emprego, não abrem processos contra as empresas onde trabalham ou na cidade em que moram. Com a substituição processual o Sindicato passa a ter o direito de abrir estes processos contra as empresas sem expor os trabalhadores e sem que estes corram riscos, tais como, perda do emprego ou da vida.

Já o direito à Organização no Local de Trabalho é um dos Direitos Humanos Universais - o de liberdade de organização e associação. Estando contra a Organização no Local de Trabalho, os patrões brasileiros anunciam que são contra os Direitos Humanos Universais e decretam que os mesmos não valem dentro de suas propriedades. Por isso que eles, sindicalistas pelegos e alguns ditos "revolucionários" defendem a manutenção da atual Estrutura Sindical copiada da legislação fascista de Mussolini. Como é sabido os fascistas e nazistas nunca respeitaram os direitos humanos.

O Brasil foi o último país no planeta a abolir a escravidão e, se realmente quer ser uma república justa e democrática, não pode ser o último a abolir leis fascistas que dominam sindicatos e coibem a livre organização dos trabalhadores.
Enviada por TIE-Brasil, às 12:24 28/04/2005, de Curitiba


PC Conectado vai para o Congresso
Lula afirmou que enviará ao Congresso Nacional o projeto de Lei que cria o programa PC Conectado, com pedido de tramitação em regime de urgência. Este programa visa a popularização de computdores com acesso à internet e, para tanto, prevê créditos oficiais a juros mais baixos para que a população de baixa renda possa comprar os computadores.

A aprovação do maior projeto de inclusão digital do planeta é prioridade do governo federal para este primeiro semestre de 2005.
Enviada por TIE-Brasil, às 11:48 28/04/2005, de Curitiba


Microsoft passa dos limites
Segundo a imprensa tem divulgado a Microsoft apresentou uma proposta para participar do programa PC Conectado do governo federal. A empresa de Bill Gates forneceria uma versão piorada do Windows com poucos aplicativos e sem direito a se conectar a redes. Um verdadeiro non-sense. Completamente sem sentido porque um dos pilares da proposta, além da inclusão digital, é a acessibilidade dos mais pobres às redes de computadores, sejam elas locais ou internet.

Do ponto de vista tecnológico também a coisa é sem sentido, pois estaríamos voltando no tempo. Muitos devem se lembrar que o último Sistema Operacional da própria Microsoft que não dava suporte a redes era o Windows 3.1, do início dos anos 90, logo substituído pelo Windows 3.11 para Grupos de Trabalho e mais tarde pelo Windows 95...

Não é preciso falar que os Sistemas Operacionais Linux já vêm com vários programas gratuítos que possibilitam a total conexão das mais simples às mais avançadas máquinas.

A tchurma do Bill parece não saber mais o que fazer para tentar melar o programa PC Conectado.
Enviada por Sérgio, às 01:08 27/04/2005, de Curitiba


Toyota irá produzir na Rússia
A Toyota Motor anunciou nesta terça-feira que irá iniciar a construção de uma fábrica próximo a São Petersburgo, na Rússia. A unidade começará a operar em 2007. O anúncio foi feito após a obtenção de um acordo geral com o governo russo e com o governo da região metropolitana de São Petersburgo.

Segundo fontes da empresa a nova fábrica será construída na cidade de Shushary e terá capacidade para produzir cerca de 50 mil automóveis por ano.

Serão investidos cerca de US$ 360 milhões, sendo parte da própria Toyota e parte do EBRD (o BNDES europeu).

Enviada por Valter Sanches e Sérgio Bertoni, às 00:21 27/04/2005, de São Paulo e Curitiba


Uruguai: Trabalhadores em Greve de Fome
Trabalhadores na Gaseba, distribuidora uruguaia de gás que pertence a francesa Gaz de France, estão em greve de fome contra a tentativa da empresa francesa em deixar o país e por esta não cumprir com suas obrigações legais, contratuais e sociais perante seus trabalhadores e a sociedade uruguaia.

Compañer@s reenvío correo de los compañeros del sindicato del gas en Huelga de Hambre y adjunto breve reseña del conflicto. Es hora de detener la impunidad de esta multinacional que a actuado en contra de los trabajadores queriendo destruir al sindicato clasista y combativo, comencemos a pensar que además de la solidaridad económica es imprescindible acciones de movilización solidarias marchando hasta donde se desarrolla la huelga, frente a la empresa en 25 de Mayo y Juncal.

Clique aqui para ver o texto

SI QUIEREN MANDAR SU MENSAJE DE SOLIDARIDAD Y SU APOYO LO PUEDEN HACER A LOS SIGUIENTES MAIL:

uaoegas@chasque.net // maufed@adinet.com.uy // eisicarr@adinet.com.uy.

UN ABRAZO FRATERNO A TODOS, ISIDRO CARREÑO PEREIRA

e-mail eisicarr@adinet.com.uy eisicarr@mail.antel.com.uy eisicarr@yahoo.com.ar
Enviada por Isidro Carreño, às 22:17 26/04/2005, de Montevideo, Uruguay


Trabalhadores ganham concessão de Canal de TV
O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou no dia 20 de abril a concessão de um canal de televisão para a Fundação Sociedade Comunicação Cultura e Trabalho.

Os objetivos da Fundação, que não tem fins lucrativos e foi criada em 10 de setembro de 1991, são: produzir e divulgar, em todo o território nacional, programas de caráter educativo, cultural, informativo e recreativo.

A Fundação, que é dirigida por um conselho composto por 40 membros de diversas categorias profissionais, é presidida por Luiz Marinho, presidente da CUT Nacional. Entre seus membros tem representantes de diversos sindicatos filiados à central, entre eles, Metalúrgicos e Químicos do ABC, Bancários de São Paulo e do ABC, Petroleiros, Professores e Jornalistas de São Paulo.

O Presidente Lula assinou a concessão na abertura do XVI Congresso Continental da CIOSL-ORIT (Confederação Internacional das Organizações Sindicais Livres ? Organização Regional Interamericana de Trabalhadores), que reúne representantes das principais centrais sindicais de 29 países das Américas.

No ato, Lula lembrou que era deputado constituinte quando trouxe o deputado federal pelo PT, então presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Vicente Paulo da Silva, Vicentinho, para conversar com o Ministro das Comunicações do Governo Sarney, Antônio Carlos Magalhães, para pedir pela primeira vez a concessão.
Enviada por Tribuna Metalúrgica, às 10:13 26/04/2005, de Sâo Bernardo do Campo


Deputados convidados a participar de evento da MS
A Microsoft - MS - está convidando 6 deputados federais a participar de um evento sobre Tecnologia da Informação que acontecerá nos Estados Unidos.

Os deputados dizem que nada gastarão com o evento e a Câmara Federal diz que somente abonará as ausências dos deputados.

Sem dúvida esta é mais uma tentativa da gigante monopolista na área de informática de impedir a expansão do Software Livre e a democratização do acesso a informática estimulados pelo governo federal.
Enviada por TIE-Brasil, às 09:16 23/04/2005, de Curitiba


Ford lucra abaixo do previsto
A Ford, maior rival da GM nos Estados Unidos, fechou o primeiro trimestre de 2005 com lucro de US$ 1,2 bi, cerca de 40% menor que o esperado.

Apesar dos resultados, o mercado automotivo parece não estar vivendo seu melhor momento.

O braço da companhia especializado na oferta de produtos financeiros, como empréstimos, viu seus lucros aumentarem de US$ 22 milhões para US$ 710 milhões, enquanto os lucros originários da venda carro diminuíram em mais de dois terços em relação ao ano passado.

Agora só falta os bancos começarem a produzir automóveis... :-)
Enviada por TIE-Brasil, às 09:00 23/04/2005, de Curitiba


505 anos de invasão!
Há 505 anos as terras desta região que viria tempos depois se chamar Brasil, ou República Federativa do Brasil, eram invadidas por navegantes europeus em busca de riquezas e glórias.

Pouco importa a nacionalidade daqueles que aqui chegaram. O que importa é o que fizeram e como fizeram com o Brasil e com seus habitantes nativos. Durante 502 anos eles administraram o país como quiseram e bem entendiam. Não podemos nos esquecer disso. Há apenas três anos que filhos desta terra, não ligados à nobreza e às oligarquias, governam o país.

Que este seja um dia de reflexão sobre o passado, presente e futuro deste gigante país tão bondoso e rico para os que aqui aportam, mas tão injusto e desigual para com os que aqui vivem, pobres em sua esmagadora maioria.

Um dia iremos de cantar orgulhosos "Já podeis da Pátria Filhos ver contente a mãe gentil/ Já raiou a Liberdade no horizonte do Brasil"
Enviada por Sérgio, às 15:36 22/04/2005, de Curitiba


Orgãos públicos terão de usar Software Livre
O governo federal prepara um decreto que obrigará todas repartições públicas federais a adotarem Software Livre, como o Linux e outros.

O governo solicitou um parecer a FGV - Fundação Getúlio Vargas, do Rio de Janeiro, sobre a viabilidade jurídica de tal decisão. Em estudo de 37 páginas, 7 professores da FGV concluem que o governo pode exigir o uso de Software Livre em suas repartições. Os professsores entendem que a adoção de Software Livre atende ao interesse público por garantir "a descentralização do conhecimento informático".

O objetivo do governo, além de economizar milhões e milhões de reais atualmente pagos por licensas de softwares proprietário, é inverter o padrão de contratação de tecnologia de informação.
Enviada por TIE-Brasil, às 14:41 22/04/2005, de Curitiba


Terceirização não é solução!
Pesquisa de Deloitte Consulting demonstra que praticamente três quartos (3/4) das empresas consultadas registraram problemas com a terceirização de seus serviços de tecnologia de informação e um quarto (1/4) delas já realocaram serviços para o país de origem da empresa.
Enviada por TIE-Brasil, às 12:02 21/04/2005, de Curitiba


GM: prejuízo de 1,1 bilhão de dólares
A direção da transnacional GM anunciou prejuízos na ordem de US$ 1,1 bilhão no primeiro trimestre.

Eles insistem em culpar os planos de saúde dos trabalhadores pelos prejuízos. Se considerarmos este argumento verdadeiro poderíamos chegar a conclusão que o sistema norte-americano, que vê saúde como uma mercadoria e é baseado em planos de saúde privados, é insustentável e prejudicial aos trabalhadores e aos países. De forma tortuosa a GM estaria, então, dando razão àqueles que defendem a saúde como serviço público de qualidade e sem fins lucrativos. Já imaginaram uma propaganda da empresa com o seguinte slogan "GM informa planos de saúde privados são prejudiciais à saúde?"

Obviamente os magnatas da multinacional se esquecem de dizer que planejaram mal a gama de produtos lançados nos últimos anos, enquanto que as empresas japonesas nos EUA lançavam veículos pequenos, de qualidade eacessíveis aos públicos jovem e de renda média para baixa, conquistando-os como clientes. Como mantêm um mix de produção mais variado, as japonesas têm produtos médios e grandes que podem vir a consolidar a fidelização daquele cliente que comprou o chamado veículo de entrada da marca.

Por que, então, os grandes meios de comunicação de massa insistem em continuar a repetindo determinadas coisas? Porque não são livres nem são de massas...
Enviada por Sérgio, às 11:33 20/04/2005, de Curitiba


MPT lança programa de igualdade
O Ministério Público do Trabalho - MPT - lançou em Brasília (DF) o Programa de Promoção da Igualdade de Oportunidades para Todos ? Combatendo a Discriminação de Gênero e Raça nas Relações de Trabalho.

A intenção é obrigar as empresas a cumprirem as determinações legais de promoção da igualdade racial e de gênero no mercado de trabalho.
Enviada por Davi, às 11:04 20/04/2005, de Curitiba


Um triste e preocupante sinal
Os cardeais católicos deram nesta terça, 19 de abril de 2005 um triste e preocupante sinal ao mundo. Elegeram papa um cardeal conservador, que lutou no exército de Hitler (do qual deserdou apenas no final abril de 1945 poucos dias antes do fim da Segunda Guerra Mundial em 09 de maio de 1945) e combateu ferrenhamente o marxismo e o ateísmo presentes nos movimentos jovens de 1968.

Sua "maior" obra, porém, começou em 25 de novembro de 1981, quando o papa João Paulo 2º o nomeou encarregado da Congregação para a Doutrina da Fé, anteriormente conhecida como Tribunal da Santa Inquisição (renomeado em 1908 pelo papa Pio 10º). Ele também presidiu as comissões bíblica e pontifícia internacional teológica. Foi nestes cargos que Ratzinger perseguiu implacavelmente os representantes da Teologia da Libertação, entre eles o brasileiro Leonardo Boff, que defendiam que a Igreja deveria ter uma "Opção preferencial pelos pobres", assim como havia pregado Jesus.

Ratzinger defende pontos de vista conservadores incompatíveis com os dias de hoje. Ele é contra o controle da natalidade, diálogo entre as religiões, casamento homossexual e feminismo.

Sem dúvida, os católicos e não-católicos de todo mundo não merecem mais esta onda no mar de conservadorismo e intolerância que assola o mundo.

A cúpula da igreja católica romana se distancia cada vez mais do seu rebanho, das transformações ocorridas no mundo nos últimos 6 séculos e demonstra ter saudade dos tempos em que as divergências se resolviam com fogueiras e cruzadas que invadiam países e desrespeitavam os direitos de outros povos.
Enviada por Sergio, às 17:04 19/04/2005, de Curitiba


TIE-Brasil cria logotipo para Copyleft
Sérgio Bertoni, um dos colaboradores de TIE-Brasil criou um logotipo para o conceito copyleft e o disponibilizou a todos que adotam a Licença Pública Geral (GPL - em inglês) e o conceito copyleft em seus softwares.

Clique aqui para ler o texto sobre o que é um copyleft e quem pode usá-lo.

Já o logotipo você pode copiar aqui mesmo. É só clicar em cima do logotipo com o botão direito do mouse e "salvar imagem como" em seu computador.

Enviada por TIE-Brasil, às 12:52 16/04/2005, de Curitiba


México: atentado a Cidadania e a Democracia!
Na semana passada alguns periódicos brasileiros publicaram artigos sobre o impedimento de Andres Manuel López Obrador, prefeito da capital mexicana, Cidade do México, fato que praticamente lhe tira da corrida presidencial em 2006.

Nós solicitamos mais informações às nossas companheiras de RMS ? Rede de Mulheres Sindicalistas, parceira de TIE-Brasil no Projeto Latinoamericano. Clique aqui para ver o texto da companheira Norma Malagón, da RMS.

Mais uma vez a elite mexicana usa a democracia formal para mostrar o quanto é autoritária.
Enviada por Norma Malagón / Sergio, às 21:21 15/04/2005, de Cidade do México / Curitiba


GM: presidente mundial escorrega e ações caem
Ricahrd Wagoner, o chefão mundial da General Motors, tentando pressionar a direção nacional do UAW - O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Automotriz norteamericana, a abrir mão de conquistas dos trabalhadores durante as negociações do contrato coletivo, afirmou que a companhia precisava de concessões nos planos de saúde, que "têm se transformado em uma iminente possibilidade de concordata".

Wagoner esperava com isso jogar a culpa pelas desabores comerciais da gigante automobilística nas costas dos trabalhadores e de seu sindicato. Porém o que aconteceu foi um queda de 5,89% no preço das ações da GM na Bolsa de Nova York. Os argumentos de Wagoner foram interpretados pelo mercado como um pedido de concordata!!!

Wagoner escorregou na argumentação e demonstrou toda a fragilidade dos argumentos patronais. Afinal não são os trabalhadores que determinam o que produzir, como produzir e para quem produzir. Essas decisões são tomadas por senhores muy bien pagos, tais como Wagoner. São as decisões destes senhores que fazem com que uma empresa tenha ou não sucesso no mercado capitalista.

Torcemos para que os companheiros norte-americanos entendam o recado dado pelo mercado e tomem decisões que defendam realmente os interesses dos trabalhadores.
Enviada por TIE-Brasil, às 17:33 15/04/2005, de Curitiba


Lula volta ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
No próximo dia 18, Luiz Inácio Lula da Silva tem um encontro marcado com as próprias origens.O Presidente da República será personagem principal de uma cerimônia que comemorará a posse do "Baiano", como era chamado pelos amigos, na presidência do então Sindicato dos Metalurgicos de São Bernardo do Campo.

Ao assumir a diretoria naquele 19 de abril de 1975 Lula e seus companheiros começaram a criar um novo tipo de sindicalismo no Brasil.
Enviada por CNM-CUT Internacional No.13, às 14:28 15/04/2005, de São Paulo


Software nacional ganha cidadania árabe
O sistema operacional brasileiro Kurumin Linux é a base do Arabian Linux, o software livre para países árabes que tem interface gráfica amigável e roda direto do CD-Rom.
Além de ter sido traduzido para árabe o Kurumin também ganhou um novo logotipo baseado no TuxKurumin.

Lá nas arábias o TuxKurumin perdeu o cocar e ganhou um turbante.
Enviada por Sérgio, às 12:45 15/04/2005, de Curitiba


TIE-Brasil abre fórum sobre Reforma Sindical
TIE-Brasil coloca a disposição do movimento sindical democrático e progressista o Fórum "Reforma Sindical"

Todos podem participar dos fóruns de TIE-Brasil levantando questões ou colocando sua opinião. Para participar basta clicar aqui

O fórum TIE-Brasil é um local para se discutir sobre a democratização do movimento sindical, pluralismo político, econômico e social, respeitando-se as diferenças de raça, cor, gênero, opção sexual e toda e qualquer outra particularidade dos vários grupos sociais que a ele tiverem acesso .
Enviada por TIE-Brasil, às 04:11 15/04/2005, de Curitiba


Reforma Sindical: Verdades e Mentiras
Muita coisa sobre a Reforma Sindical tem sido publicada nos meios de comunicação de massa e nos periódicos sindicais. Muitas delas refletem realmente as aspirações dos Trabalhadores e do movimento sindical; outras as intenções do governo; e terceiras posições de quem não quer que o país mude e se modernize.

Para tentar dirimir as dúvidas que povoam o debate sobre a Reforma Sindical, assessores do Fórum Nacional do Trabalho prepararam um documento que visa ajudar a companheirada no debate sobre a importância da Reforma Sindical e suas vantagens para os Trabalhadores e à Organização no Local de Trabalho.

A íntegra do documento (um quadro comparativo) você encontra aqui
Enviada por TIE-Brasil, às 16:07 14/04/2005, de Curitiba


DC pretende produzir fora-de-estrada em Bremen
A transnacional DaimlerChrysler planeja iniciar a produção de um veículo fora-de-estrada em sua unidade de Bremen, Alemanha. A empresa está pressionando os trabalhadores de Bremen a aceitar, por exemplo, que os sábados passem a ser dias normais de trabalho (hoje considerados como parte do descanso semanal) e anunciou o cancelamento da produção de um veículo deste tipo em Juiz de Fora

Seria por acaso o cancelamento da produção do fora-de-estrada Smart na unidade em Juiz de Fora?

Os trabalhadores na DaimlerChrysler têm uma grande oportunidade para demonstrar que a solidariedade é muito mais que um discurso bonito ou nome de sindicato na Polônia!!!

Nesta história o que está em jogo são milhares de empregos no Brasil e na Alemanha,o respeito a contratos e acordos e a dignidade da classe trabalhadora.

"Todos juntos somos fortes/Somos flecha, somos arcos/Todos nós no mesmo barco/Não há nada a temer" já dizia a canção.
Enviada por Sergio, às 13:31 14/04/2005, de Curitiba


1o. de Maio Internacional na Tríplice Fronteira
As Centrais Sindicais da Argentina (CTA e CGT), do Brasil (CUT, Força Sindical e CGT), do Chile (CUT), do Paraguay (CUT) e do Uruguay (PIT-CNT) reunidas na Coordenadora de Centrais Sindicais do Cone Sul promovem o Primeiro de Maio Internacional.

O evento acontecerá no Gramadão, espaço cultural da Usina Hidroelétrica de Itaipu, na cidade de Foz Iguaçu, na tríplice fronteira de Argentina, Brasil e Paraguay.

As atividades terão início às 09:00h, sendo o ato central às 18:00 h.

Participe do Primeiro de Maio Internacional!!!
Enviada por CNM-CUT, às 18:46 13/04/2005, de São Paulo


Brasil: posto avançado do movimento Software Livre
Com o programa PC Conectado o Brasil dará um passo decisivo e inovador no processo de inclusão digital.

Ao optar pelo software livre como base do sistema operacional dos computadores do programa PC Conectado o país, além de economizar milhões de reais, estará estimulando a criatividade e o potêncial nacional neste setor da economia.

Walter Bender, diretor executivo do Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, cujo parecer foi solicitado pelo governo brasileiro, respondeu em uma recente carta que "software livre de alta qualidade" tem se mostrado mais eficaz em estimular o uso de computadores entre os pobres do que versões simplificadas de software pago.

Outra inovação reside no fato de que todo aquele cidadão ou empresa que tiver acesso a dinheiro público para financiar projetos de desenolvimento de software deverá tornar aberto e livre o código-fonte do software produzido com este dinheiro. Nada mais justo. Usou dinheiro público, dê a contrapartida ao país!!!

"Nós não vamos gastar dinheiro dos contribuintes em um programa para que a Microsoft possa consolidar ainda mais seu monopólio. É responsabilidade do governo assegurar que haja concorrência, e isto significa dar a plataformas alternativas de software uma chance de prosperar." disse Sérgio Amadeu, presidente do Instituto Nacional de Tecnologia de Informação do Brasil.
Enviada por Sergio, às 17:01 13/04/2005, de Curitiba


Microsoft quer combater software LIVRE no Brasil
A Associated Press distribuiu e o New York Times publicou nesta quarta, 13 de abril de 2005, artigo sobre as intenções da Microsoft em lançar um windows mais barato para combater o avanço do software livre no Brasil.

Bill Gates há meses vem tentando conversar com Lula para fazer lobby em defesa de sua empresa junto ao governo brasileiro, mas não tem obtido sucesso. Agora ele resolve lançar um programa mais simples. Talvez ele pense que os brasileiros não necessitem de "coisas sofisticadas" e se contentem com qualquer coisa. Exatamente por não se contentar com coisas malfeitas ou inacabadas e não aceitar imposições é que os brasileiros têm optado pela Liberdade e o direito de Livre Escolha.

Opte pela dignidade! Use software LIVRE e de qualidade!

Microsoft Set to Unveil Windows in Brazil By THE ASSOCIATED PRESS Published: April 13, 2005 REDMOND, Wash. (AP) -- Microsoft Corp. plans to release a low-cost, scaled-back version of its Windows operating system in Brazil, the latest in the software company's efforts to compete with open-source competitors and combat piracy.
Enviada por Sergio, às 16:47 13/04/2005, de Curitiba


Trem da alegria beneficiará servidores públicos
Os senadores da República e os deputados do povo, aliados a "combativos" sindicalistas do setor público, estão preparando um gigantesco trem da alegria nacional. Eles querem mudar poucas palavras no artigo 37 da Constituição para reservar pelo menos 30% das vagas de todos os concursos federais, estaduais e municipais somente aos atuais servidores.

A cota vai facilitar a vida de 1 milhão de funcionários que têm curso superior, mas ocupam cargos de nível médio e querem uma ajuda para galgar postos de maiores salários sem o incômodo de fazer concurso externo.

Cerca de 800 mil trabalhadores estaduais e outros 200 mil federais de todos os poderes e instâncias - administrações direta, indireta, autarquias e fundações - ganharão este privilégio se o Congresso alterar a Constituição. A projeção é da Associação dos Servidores da Previdência , (Anasps), entidade que coordena o lobby a favor da mudança constitucional. "Ou mudamos a Constituição, ou criaremos a cota de vagas", defende a secretária executiva do movimento nacional criado para defender a mudança, Verônica Monteiro da Rocha.

"Isto é pior que um trem da alegria porque não é algo isolado. As emendas pretendem abrir uma porta definitiva na legislação para a ascensão profissional dos servidores", protesta o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, relator do assunto na Comissão de Constituição e Justiça. Ele considerou as propostas emendas inconstitucionais e pediu a rejeição das duas.
Enviada por Bira Freitas, às 20:31 11/04/2005, de Juiz de Fora


MOBILIZAÇÃO DE TRABALHADORES METALÚRGICOS EM JF
Os Trabalhadores na DaimlerChrysler (ex-Mercedes-Benz), o Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora, realizaram uma audiência pública na sexta-feira, 08.04.2005, às 13:00h, em defesa do emprego e da manutenção da fábrica na cidade.

O ato, que aconteceu na Câmara dos Vereadores de Juiz de Fora, buscou tornar públicas as cláusulas do contrato assinado entre a empresa e o governo de Minas Gerais, bem como, esclarecer qual o real posicionamento da empresa frente aos projetos da fábrica para o futuro ? uma vez que além de manter hoje um regime de produção muito abaixo da capacidade instalada, a empresa anunciou que iria cancelar a produção do modelo Classe A no próximo semestre.

Os mais de 250 trabalhadores que se fizeram presentes na audiência pública participaram de um espetáculo de dissimulação e de propostas evasivas da empresa, vendo-a oferecer as mesmas respostas vazias que vinha pronunciando no decorrer da semana.

Sem nenhuma proposta, a empresa afirmou que a fábrica não fechará. Mas, não confirmou o que será produzido, nem muito menos até quando!

Para ver a reportagem e fotos direto de Juiz de Fora, clique aqui
Enviada por Davi Pezzato, às 17:32 11/04/2005, de Juiz de Fora, MG


Reforma Tributária pode por fim a Guerras Fiscais
A Proposta de Emenda Constitucional - PEC - da Reforma Tributária se aprovada pelo Congresso Nacional deverá unificar as alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) cobrado pelos estados. O objetivo do governo federal é acabar com as guerras fiscais reduzindo os espaços dos estados na concessão de incentivos fiscais.

Alguns estados, porém, já buscam criar novas formas para dar continuidade a estas guerras fiscais. O Rio Grande do Norte, por exemplo, está oferecendo 50% de desconto no valor cobrado pelo gás natural utilizado pelas empresas.

Não é difícil imaginar que daqui àlguns anos ou meses as fornecedoras de gás venham pedir aumento de tarifas para compensar os "prejuízos" causados pela política de incentivos.

Isto tudo se configura numa perversa política de transferência, acúmulo e concentração de riquezas e acontece exatamente quando o país clama por uma distribuição justa de riquezas.

Ao que parece a lei de responsabilidade fiscal não tem sido eficiente no controle das contas públicas e muito menos eficiente no combate àqueles que ao ganhar uma eleição consideram o bem público como seu bem particular.
Enviada por TIE-Brasil, às 14:00 11/04/2005, de Curitiba


Nova Guerra Fiscal
Alguns estados voltaram a promover a redução de impostos achando que com isso obterão novos investimentos. É uma nova reedição da Guerra Fiscal que assolou o país na década de 1990 e não gerou a quantidade de empregos, nem de benefícios prometidos. Na época grandes empresas obtiveram empréstimos milionários para que implantassem suas unidades em determinados estados. Muitas delas hoje já estão fechadas ou em via de encerrar suas atividades.

A governadora do Rio, Rosinha Matheus (esposa de Antony Garotinho), assinou em uma semana 4 leis e 5 decretos de incentivos para as empresas instaladas no Rio ou que ali venham a se instalar. Resta perguntar quem é que vai pagar a conta desta renúncia fiscal? A família Matheus-Garotinho ou o povão mais uma vez?

Já uma cervejaria está promovendo um leilão entre os estados para implantar uma nova unidade. O estado que der mais leva a fábrica numa total inversão da lógica de utilização do dinheiro público, das licitações e concorrências públicas.

No final de março 16 empresas assinaram protocolos de intenção de investimentos com o Governo da Bahia. Elas aceleraram os processos para que a formalização dos atos ocorresse antes da Reforma Tributária.

Muitos daqueles que reivindicam a Reforma Tributária correm para obter vantagens fiscais dos estados antes que ocorra a Reforma Fiscal Federal.

Seria uma nova forma de boicote ao país?
Enviada por TIE-Brasil, às 10:45 11/04/2005, de Curitiba


Argentina: Kirchner, o clone de Perón
Muitos no Brasil têm festejado as peripécias de Nestor Kirchner a frente do governo argentino, pois este estaria "peitando" o FMI e os credores internacionais e lhes impondo "derrotas", ao mesmo tempo em que "enquadra" o empresariado, como no caso da Shell. O ditador populista Juan Domingo Perón fazia o mesmo em sua época gloriosa.

Parece que nos esquecemos que o peronismo de "raiz", "autêntico" é praticante fervoroso do capitalismo de estado e da manipulação das massas. A idéia de Collor em falar em nome dos descamisados em 1989 foi roubada de Perón que também os usou para chegar ao poder.

Nos esquecemos que os credores só aceitaram a troca de papéis porque o atual governo argentino lhes garantiu 10% de juros reais pelos novos papéis, bem acima do que o Brasil paga atualmente, algo entre 6 e 7% reais. Tanto é que os principais bancos de investimento aconselharam seus clientes a optar por papéis argentinos a brasileiros.

Sabemos que a história não se repete a não ser em farsa. Engana-se duplamente quem acha que Kirchner é o progressista que não temos. Vale lembrar que na época de Perón as massas gritavam emocionadas "Perón!"/"Evita"/"La pátria socialista".

Kirchner também a evita.
Enviada por TIE-Brasil, às 10:23 11/04/2005, de Curitiba


Empresas lucram mais no Brasil
O lucro das empresas instaladas no Brasil deve crescer 36% neste ano, segundo avaliação do banco JP Morgan.

O lucro no Brasil deverá crescer duas vezes mais que na África do Sul onde as perspectivas são de 18% de crescimento. No Chile a expectativa é de 11,3%; na Argentina de 10,3%, no México de 10% e na China "Comunista" de 6,8%.

O banco Itaú é ainda mais otimista e prevê um crescimento de 38% nos lucros das empresas instaladas no Brasil.

Quem tiver ouvido que ouça! Quem tiver olhos que veja!

Enviada por TIE-Brasil, às 10:00 11/04/2005, de Curitiba


TIE-Brasil criará um fórum de debates
TIE-Brasil está preparando um fórum de debates sobre a REFORMA SINDICAL onde Trabalhadores e sindicalistas que se cadastrarem na página de TIE-Brasil www.tie-brasil.org poderão debater idéias e propostas de ação relacionadas a Reforma Sindical.

Fique atento que logo, logo o Fórum Reforma Sindical estará no ar!!!
Enviada por Sérgio, às 20:21 10/04/2005, de Curitiba


Serra: governo frustrante
Segundo pesquisa realizada pelo Datafolha entre os dias 06 e 07 de abril, na cidade de São Paulo, José Serra (PSDB) é o prefeito de São Paulo com o pior início de governo desde Jânio Quadros.

Serra perde de Marta Suplicy (PT), Paulo Maluf (PP), Luiza Erundina (PSB) e até de Celso Pitta (sem partido).

Ainda bem que o povo brasileiro foi sábio e não elegeu este senhor para a presidência da república.

Santa sabedoria popular!!!

Enviada por Sergio, às 13:25 10/04/2005, de Curitiba


Trabalhadores pressionam e Ford cede nos EUA
Kansas City 8 de abril, 2005 - Meses atrás a sessão local do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Automotriz - UAW Local 249 , que representa aos trabalhadores na planta da Ford em Claycomo, Missouri, EUA, apresentou uma extensa pauta de reivindições à empresa por causa do descumprimento das normas de trabalho.

Há dois meses os membros do sindicato votaram a favor da greve caso a empresa não contratasse novos trabalhadores e não diminuísse a velocidade da linha de montagem.

Neste 07 de abril, o presidente da sessão local do sindicato, Mike Perry, disse que todas as reivindicações foram aceitas pela empresa e que o sindicato está muito satisfeito com as mudanças que a Ford se compromete a fazer: a) a contratação de 14 novos trabalhadores para diminuir a quantidade de tarefas em alguns postos de trabalho; b) a limpeza total dos banheiros, vestiários e áreas de descanso que estavam abandonados; b) a manutenção das máquinas que mais quebram, além de realizar manutenção preventiva em todo o equipamento da planta.

Perguntado porque o sindicato precisava reivindicar manutenção de máquinas e equipamentos, já que isso é de responsabilidade da empresa e de seus gerentes, Perry disse que o enfoque dos acionistas da Ford em obter mais e mais lucros resulta no descuido do patrimônio da empresa.

Os companheiros de Claycomo obtiveram um vitória importante, pois suas reivindicações colocam em xeque ícones da reestruturação produtiva (redução de custos, redução de mão-de-obra, redução de gastos em manutenção, desprezo à saúde do trabalhador, aumento da produtividade, etc).

Esta conquista tem ainda um gostinho de quero mais, pois acontece exatamente dias depois de a Ford anunciar demissão em massa de trabalhadores do setor administrativo.

Enviada por Judy Ancel / Sérgio Bertoni, às 03:01 08/04/2005, de Kansas City, EUA / Curitiba, Brasil


Trabalhadores alemães solidários aos brasileiros
A Comissão de Fábrica e os Trabalhadores na DaimlerChrysler em Bremen, Alemanha, enviaram carta de solidariedade aos companheiros brasileiros, em especial aos companheiros que trabalham na fábrica da DC em Juiz de Fora.

Para ver o texto da carta no original alemão clique aqui.

Já, aqui, você acessa a versão em português. OK?
Enviada por Gerhard Kupfer, às 23:16 07/04/2005, de Bremen, Alemanha


Ford demitirá mais de 1000 Trabalhadores nos EUA
Na última segunda feira, 05.04, a Ford anunciou que demitirá mais de mil trabalhadores do setor administrativo, os chamados golas-branca.

Para alcançar este objetivo a empresa oferece o famoso "pacotão" para um grupo selecionado de Trabalhadores.

Os motivos dessas demisões são os mesmos de sempre (aumento dos custos, desvalorização da moeda, aumento de preços de commodities, baixa produtividade, etc, etc e tal) o que demonstra certa falta de criatividade do caras do lado de lá. Tanto na elaboração de estratégias, quanto na elaboração de desculpas para demitir

Veja aqui notícia publicada nos Estados Unidos.
Enviada por TIE-Brasil, às 16:11 07/04/2005, de Curitiba


Telefônicos criam website
MUCHAS GRACIAS POR LA DIFUSION DEL ENCUENTRO!

ME GUSTARIA QUE DIFUNDIERAN, ENTRE LOS COMPAÑEROS TELEFONICOS LA PAGINA DEL FORO: WWW.FOROTELEC.ORG DONDE PODRAN ENCONTRAR MATERIAL DE INFORMACION SOBRE LOS TEMAS QUE NOS PREOCUPAN A TODOS; ESTAMOS TRATANDO ADEMAS DE ACTUALIZAR DIARIAMENTE ESTA PAGINA WEB.

UN ABRAZO FRATERNO PARA USTEDES
Enviada por Isidro Carreño Pereira, às 18:50 06/04/2005, de Montevidéo, Uruguay


Telefônicos criam coordenação continental
Trabalhadores telefônicos de toda a América Latina reunidos no 6o. Encontro dos Trabalhadores em Telecomunicações em Buenos Aires decidiram criar uma coordenação de ação política internacional.

O Encontro serviu como um fórum de debate, para analisar as perspectivas atuais do setor e discutir a formação de diretrizes de atuação conjunta para o setor na América Lantina dentro de uma política de ação sindical internacional coordenada.

Dentre as diretrizes estabelecidas vale ressaltar: a criação de uma perspectiva de unificação de todos os trabalhadores dos diferentes setores da telecomunicação num projeto de revisão do modelo de representação sindical; um projeto de pesquisa e regulação das condições de trabalho nos setores chamados ?centros de chamada? (call centers), formação de um Fórum Internacional que irá capitanear o processo de coordenação das atividades regionais.

Participaram do evento sindicatos de telecomunicações e centros laborais do Brasil (FITTEL- Federação Interestadual dos Trabalhadores em Telecomunicações; SINTTEL - Sindicato dos Telefônicos do Estado do Rio Grande do Sul; e TIE - Brasil); CHILE (Sindicato Interempresas de Trabalhadores de ENTEL; Sindicato Nº 2 Telefônica do Sul; e TIE - Chile); MÉXICO (Sindicato de Telefonistas da República Mexicana; e Red de Mujeres Sindicalistas); PARAGUAY (SINATTEL - Sindicato Nacional de Trab. de Telecomunicações); URUGUAY (SUTEL - Sindicato Único de Telecomunicações); e a delegação local de argentinos de FOETRA Buenos Aires; do SITRATEL (Sindicato de Trabalhadores das Telecomunicações de Rosário); do Taller de Estudios Laborales (TEL ? Argentina) e do Núcleo de Estudos do Trabalho de Mar del Plata.
Enviada por TIE-Brasil e TEL-Argentina, às 17:08 06/04/2005, de Curitiba e Buenos Aires


TLC: Mercosul e UE discutem acordo
Praticamente um dia depois de o Brasil pedir adiamento da reunião de negociação da ALCA, o Mercosul anuncia a retomada das negociações com a União Européia para o estabelecimento de um TLC - Tratado de Livre Comércio - entre os dois blocos econômicos.

Várias reuniões acontecerão na próxima semana e serão coordenadas pela chanceler do Paraguai, Leila Rachid, já que este país detem atualmente a presidência rotativa do Mercosul.

NÃO há nada a festejar, pois as propostas discutidas até o momento entre UE e Mercosul não diferem em seu conteúdo dos termos propostos pelos Estados Unidos e sua ALCA.
Enviada por TIE-Brasil, às 10:39 06/04/2005, de Curitiba


Subindo Serra: inflação em SP
As notícias sobre a inflação em São Paulo são esclarecedoras! A população toda paga pelo erro de uma parte. O aumento no preço das passagens de ônibus de R$ 1,70 para R$ 2,00 transformam este em um meio de transporte de "elite".

E é exatamente este aumento de preços que fez com que a inflação na capital paulista, medida pelo IPC, ficasse em 0,79% em março, ou seja, mais que o dobro que o IPC de fevereiro que foi 0,36%.

Por seus atos diante da Prefeitura de São Paulo já podemos imaginar o que aconteceria com o Brasil se este senhor fosse eleito presidente da república....
Enviada por Sergio, às 10:26 06/04/2005, de Curitiba


Trabalhadores defendem emprego em Minas
Os Trabalhadores na DaimlerChrysler (ex-Mercedes-Benz), o Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora e dirigentes nacionais da CUT preparam uma manifestação na sexta-feira, 08.04.2005, às 13:00h, em defesa do emprego e da manutenção da fábrica na cidade. Neste dia acontece uma audiência pública na Câmara dos Vereadores de Juiz de Fora, quando se tornarão públicas as cláusulas do contrato assinado entre a empresa e o governo de Minas Gerais.

Nem os trabalhadores nem as entidades sindicais concordam com a decisão da empresa de cancelar a produção do modelo Classe A no próximo semestre.

A DaimlerChrysler (DC) atualmente emprega 1100 Trabalhadores em Juiz de Fora. Todos contam com estabilidade no emprego até fevereiro de 2006 graças a mobilização dos Trabalhadores que terminou em acordo entre a empresa e o sindicato.

Na época da instalação da fábrica em Juiz de Fora a DC recebeu incentivos fiscais do governo de Minas, mas até agora não cumpriu todas as cláusulas do contrato como, por exemplo manter nível médio de 1500 postos de trabalho diretos.

Os trabalhadores defendem que a empresa cumpra os compromissos assumidos perante a sociedade , amplie o número de Trabalhadores contratados e, para tanto, passe a produzir um novo modelo nesta fábrica.
Enviada por TIE-Brasil, às 10:33 05/04/2005, de Curitiba


Mais um condenado: agora é um juiz
O juiz Nicolau dos Santos Neto, conhecido popularmente por Lalau foi condenado a 14 anos de prisão por dois crimes: lavagem de dinheiro (9 anos) e evasão de divisas (5 anos).

Lalau, ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, é acusado de desviar R$ 196,5 milhões da construção do fórum trabalhista.
Enviada por TIE-Brasil, às 21:34 04/04/2005, de Curitiba


Ex-Presidente do Banco Central é condenado
Segundo artigo publicado pela Folha de São Paulo Francisco Lopes, ex-presidente do Banco Central foi condenado a dez anos de prisão em regime fechado por ajudar a dois bancos privados com dinheiro público.
Enviada por TIE-Brasil, às 20:21 04/04/2005, de Curitiba


Trabalhadores elaboram proposta para transportes
86 trabalhadores dos setores metalúrgico, aeroviário, portuário, rodoviário, metroviário e ferroviário ligados a CUT e a Força Sindical participaram do Encontro Nacional dos Trabalhadores nos setores automobilístico e de transportes realizado neste final de semana (01 a 03 de abril) em São Bernardo do Campo São Paulo.

O encontro foi organizado por TIE - Transnationals Information Exchange, CNM-CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT, CNTT-CUT - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes da CUT e CNTM-FS - Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos da Força Sindical.

Nestes três dias os trabalhadores discutiram políticas que permitam o crescimento sustentável do país; garantam o desenvolvimento de novos modais de transporte de passageiros e de cargas e sua respectiva integração no sistema produtivo através da adoção de uma nova matriz nacional de transportes; estabeleçam regras para o transporte rodoviário, visando sua sustentabilidade econômica, social e ecológica, ao mesmo tempo em que faça possível a redução de gastos com a manutenção da malha rodoviária, bem como a redução dos prejuízos causados ao sistema de saúde pública e à produtividade do país devido ao exagerado número de acidentes que ocorrem no Brasil; estimulem o transporte ferroviário, modelos bi-modais e/ou tri-modais e a adoção de uma nova matriz energética independente, renovável e não-poluidora; estabeleçam regras para os devidos períodos de transição e incentivos para as empresas que criarem empregos e adaptarem sua produção ao novo modelo de transportes a ser adotado. Foi discutido um amplo programa de transformação da cadeia produtiva dos transportes baseado na participação e comprometimento de todos os setores da sociedade brasileira.

O encontro contou ainda com a presença de uma trabalhadora do Metro de Buenos Aires, Argentina, representantes do governo e de entidade de classe.
Enviada por TIE-Brasil, CNM-CUT, CNTM-FS, CNTT-CUT, às 12:00 03/04/2005, de São Bernardo do Campo, São Paulo


>>
Próximos eventos

Clique aqui para ver mais notícias.